Mariana Anselmo

Share

Está precisando de dinheiro, mas todas as suas vendas foram feitas no crédito e ainda falta um tempinho para você receber o que vendeu? Então, você precisa conhecer a antecipação de recebíveis

Essa é uma solução que as empresas de cartão de crédito criaram para facilitar que lojistas que vendem à prazo (ou seja, parcelado no cartão), tenham acesso a esse dinheiro antecipadamente. É uma solução interessante para momentos de aperto, ou quando aparece aquela emergência para a qual não estava preparado – nem o seu caixa!

Mas atenção! Assim como toda solução de crédito precisa ser usada de forma responsável, para que você não perca o controle financeiro. A ideia não é deixar que isso vire uma bola de neve. 

Hoje, a gente vai te explicar o que é, como usar, quais suas vantagens e a que você deve estar atento na hora de antecipar as parcelas dos seus clientes.

O que é antecipação de recebíveis?

Essa é uma solução financeira que te permite adiantar o recebimento das parcelas que você ainda vai receber. Ela pode ser realizada junto a bancos, fintechs, instituições financeiras e empresas de meio de pagamento regulamentadas no Banco Central.

A pesquisa “Uso da maquininha“, do Sebrae, de 2021, mostrou que 45% dos empresários em micro e pequenos empreendimentos no Brasil recorrem à antecipação dos recebíveis.

Vamos dizer que o cliente fez uma compra na sua loja e parcelou o pagamento em 3 vezes no cartão de crédito. Com a antecipação de recebíveis, você pode adiantar o recebimento da última parcela, por exemplo. E assim, ter o dinheiro em mãos antes do previsto, mesmo que ele ainda não tenha efetuado o pagamento dessa parcela para o banco / cartão de crédito. 

É a instituição financeira que está te adiantando esse valor. Mas para isso, ela cobra uma taxa de antecipação, que costuma variar entre 2% a 15%. O que determina essa taxa é a instituição, o valor a antecipar e o prazo dos recebíveis negociados.

Como fazer sua antecipação?

De acordo com as regras determinadas pelo Banco Central, desde 2021, você não precisa realizar a antecipação de recebíveis só com as instituições financeiras das quais você é cliente ou que tenha computado a venda. 

Basta solicitar a antecipação na instituição financeira desejada.

Entenda o que mudou com as novas regras do Banco Central

Agora, funciona assim: todas as transações feitas no cartão de crédito são catalogadas nas Registradoras de Recebíveis. Elas são entidades autorizadas pelo Banco Central a registrarem a Agenda Futura de Recebíveis dos estabelecimentos que realizam operações via meios de pagamento.

Esse registro detalha várias informações: data e valor da compra, modalidade de pagamento, bandeira do cartão e a data em que o pagamento vai acontecer de fato. Esses dados são usados na criação das Unidades de Recebível, automaticamente atreladas ao CNPJ do lojista.

Portanto, o recebível é o valor que a empresa tem a receber enquanto o pagamento feito no cartão não é repassado à ela.

O Registro de Recebíveis acaba permitindo que os estabelecimentos tenham a liberdade de escolher onde vão antecipar seus recebíveis. Não importa a empresa onde o pagamento tenha sido computado.

Antecipação: recorrente ou pontual?

E você pode realizar a sua antecipação de dois jeitos: de forma recorrente ou pontual.

Na opção recorrente, ou também chamada de programada, acontece mensalmente, sem uma consulta prévia. Você estipula quanto quer adiantar e já tem uma taxa fixa. Assim, você acaba por alterar o prazo padrão de recebimento das transações feitas no cartão.

Já quem opta pela modalidade pontual, acaba fazendo suas solicitações apenas quando precisa, analisando valores e taxa. Aqui, o prazo padrão das vendas feitas no cartão não é modificado.

Essa opção é vantajosa?

A antecipação de recebíveis tem algumas vantagens que a colocam à frente de outras opções de crédito e a diferencia de um empréstimo.

Além de ser um dinheiro que já é seu e de ser usada para cobrir imprevistos financeiros ou despesas emergenciais, você pode usá-la para:

  • Aumentar o capital de giro e gerar mais liquidez
  • Angariar recursos a curto prazo para investir no seu negócio

Outras vantagens da antecipação: 

  • Juros menores do que as taxas cobradas em empréstimos, ou no rotativo do cartão de crédito e no cheque especial
  • Isenção de IOF
  • Taxas dos FIDCs mais competitivas

Mas é preciso estar atento!

Antes de antecipar, tome alguns cuidados!

Como já dissemos anteriormente, é preciso usar essa opção apenas quando realmente for necessário. Sempre de forma responsável e consciente. Afinal, você não quer se ver dependente da antecipação financeira, não é?

Antecipar recebíveis, além das vantagens, também significa duas coisas:

  • Taxa de antecipação para pagar (e ela pode chegar a 15%!)
  • Lá na frente, você não terá mais esse dinheiro. 

Os imprevistos acontecem, a gente sabe. E essa é uma ótima opção para passar por eles sem abalar o seu negócio. Mas não use a antecipação de recebíveis como muleta para uma desorganização financeira, fluxo de caixa mal calculado e falta de planejamento. Estamos combinados?

Mas agora, você conhece mais essa opção para o seu negócio! 

Conta pra gente, você já conhecia a antecipação de recebíveis? Já usou alguma vez na sua loja?