Categories: Faça você mesmo

Mariana Anselmo

Share

Construir ou fazer uma reforma de grande porte exige planejamento. Afinal, é um investimento alto e desperdiçar dinheiro está fora de questão! E o que é melhor do que uma boa e velha lista para te ajudar? No post de hoje, você vai ver algumas dicas para montar a sua lista de materiais de construção e nunca mais ficar perdido!

Mas por que fazer uma lista de materiais de construção?

Você pode estar pensando: não é só comprar o que o profissional pedir? É, mas não de uma forma tão simples assim… A lista vai te dar maior visibilidade do que comprar, o quanto comprar e o quando. 

Com ela, fica fácil controlar quantidades, evitar esquecimentos, excessos, desperdícios… Também ajuda a manter a obra dentro do orçamento estipulado e dá visibilidade do que é possível cortar ou substituir.

Dicas para montar sua lista de materiais de construção

Uma boa lista não se faz apenas colocando tudo que você acha que precisa comprar, ou que o profissional da obra falou. Mas também não é nenhum bicho de sete cabeças. A gente promete! 

Para que ela te ajude a alcançar tudo que falamos no tópico anterior é preciso ficar atento a algumas dicas certeiras. Mas pode ficar tranquilo porque hoje vamos compartilhar todas com você!

Continue lendo e confira!

Divida a lista de acordo com cada fase da obra

Fazer essa divisão tem dois objetivos: visualizar em qual fase vai mais itens e investimento e entender quando é necessário comprar o que. Não adianta comprar a lâmpada antes de comprar o tijolo, não é?

E para te ajudar, aqui vai nossa indicação de divisão:

  • Estrutura: tudo que está ligado à fundação da obra: laje, viga, pilares… Essa etapa da lista é composta de materiais básicos e pesados, como pedras, areia, vergalhões etc.

Calcule as quantidades de cada item

Agora que você já sabe tudo que vai comprar em cada fase da obra, pode se concentrar em entender as quantidades de cada coisa. 

Você pode até não chegar na medida exata, mas o ideal é não ficar muito distante nem para mais, nem para menos. Se comprar de menos, corre o risco de atrasar sua obra. Já pensou acabar o tijolo? É um dia perdido, afinal, até comprar e entregar…

Mas comprar demais também não é a solução, porque depois, você vai ficar com material parado, tentando vender para alguém, ou apenas perder dinheiro mesmo.

Converse com o seu profissional de confiança, com o lojista e vá estimando essas quantidades por fase da obra e entendendo como fazer esse cálculo cada vez mais assertivo.

Compare orçamentos

Essa parte pode levar um pouquinho de tempo, é verdade. Mas para quem quer economizar e fazer o melhor negócio, é essencial! Compare orçamentos, veja quem te dá as melhores condições de pagamento, entrega rápida e gratuita. Na TUL, você encontra tudo isso! Faça seu orçamento conosco. 

Faça um cronograma de compras

Com o orçamento em mãos, fica mais fácil entender o que você pode comprar, quando e as quantidades. Se programe, junto aos profissionais que estão trabalhando para você, para organizar as entregas e que não falte material na obra, para evitar atrasos. 

Ficou mais fácil montar a sua lista de materiais de construção agora? Nossas dicas te ajudaram? Conta nos comentários!