Categories: Você sabia?

Mariana Anselmo

Share

Vai usar a furadeira, né? Aí que bate a dúvida: qual entre os tantos tipos de broca você deve escolher? Saber qual é a melhor opção de acordo com a superfície que você vai furar não é algo intuitivo ou que você saiba só de olhar.

A escolha da broca certa vai influenciar no resultado final. Para começar, a primeira dica é ficar de olho no tamanho do furo e no material que vai ser furado.

Mas só isso não é o suficiente, afinal existem vários tipos de broca. Então, hoje, a gente te apresenta os mais comuns e te mostra onde e quando você deve usar cada um.

Tipos de broca: como escolher a opção certa

Como já falamos, as opções são muitas, e você pode ver que elas têm formatos, tamanhos e pontas diferentes. E é isso que vai influenciar diretamente no resultado do seu trabalho. Afinal, furar um pedaço de madeira não é a mesma coisa que furar uma parede de concreto. 

Além do resultado, a broca certa influencia na segurança e na facilidade em que você vai desempenhar esse furo. E isso aqui é super importante para quem não é um profissional.

Vamos lá?!

Brocas para madeiras

Broca de 3 pontas

Chamada de broca de aço carbono também, essa aqui é indicada para furar diversos tipos de madeira. Devido ao seu material, ela é mais resistente ao calor que é gerado no momento da perfuração.

As três pontas da peça conferem mais firmeza e deixam o acabamento mais liso. Uma ponta ajuda a guiar o começo do furo e as outras duas direcionam. 

Broca escariadora

Essa aqui é indicada para abrir um pouco mais o diâmetro do furo. A broca escariadora funciona muito bem quando você precisa fazer rebaixos ou chanfros nos furos. Assim, é possível deixar o parafuso na madeira bem embutido. E a beleza é que essa broca, faz tudo junto: fura e dá um acabamento perfeito.

Broca chata

A broca chata tem uma variedade enorme de tamanhos e serve para fazer furos maiores. E o indicado é que você a use quando não precisar de um acabamento perfeito, lisinho…

A broca chata tem uma ponta no meio que é boa para manter a broca firme enquanto faz o furo. E as partes dos lados é que abrem o furo do tamanho que você quer. Mas atenção: como ela corta inclinado, o fundo do buraco não fica totalmente plano.

Broca serpentina

Essa aqui é indicada para trabalhos rápidos. O nome serpentina é por causa da espiral dela, com uma ponta parecendo um parafuso. Com essa broca, perfurar é um trabalho fácil e rápido.

A broca serpentina deverá ser usada quando se deseja fazer um furo profundo sem muito esforço – e quando o acabamento é importante, já que ela permite furar sem arestas de corte e sem lascas de madeira.

Broca forstner

Lembre-se desta na hora de fazer furos ou rebaixos grandes. Ah, e ela é ótima para instalar dobradiças! Ela é boa porque tem um formato redondo que equilibra a pressão e mantém a broca no lugar.

Broca de pua

Para usar essa aqui, você vai precisar de um arco de pua. O nome pode ser estranho, mas é só uma ferramenta que ajuda a fazer furos mais fundos. Mas usá-la requer força!

Brocas para metal

Broca escalonada

Essa broca faz bonito em chapas de metal. O nome dela vem do formato: é tipo cônica com degraus. Ela deixa o acabamento excelente e se aquecer muito.

Ela também funciona para tirar rebarbas de furos, eliminando resíduos e evitando a deformação do material.

Broca de aço rápido

Ela entra em cena para furar chapas de metal. Seu formato é helicoidal, em formato de hélice, e tem uma haste cilíndrica.

Seu manuseio exige cuidado e atenção, sempre com o uso de fluido de corte para lubrificar e resfriar a ponta da broca, evitando que o calor excessivo desgaste o fio de corte.

Brocas para concreto

Broca de vídea

A broca de vídea é indicada para furar coisas resistentes, como concreto, granito e mármore. Olha o diferencial: a ponta tem um formato de flecha, mais larga que o seu corpo. É ela que dá um acabamento fino e impede que o material trave a broca. Além de dar agilidade ao trabalho.

Broca SDS

As brocas SDS são divididas em duas:

  • SDS MAX, para um martelete mais pesado (mais de 4kg)
  • SDS PLUS, para um martelete de até 4kg.

Use-as para perfuração profissional em alvenaria, mármore, granito e cia.

Broca para vidro

Vidro é quebrável, então precisa de uma broca diferente, a diamantada. Ela tem a ponta coberta com diamante, o que resulta em um acabamento mais fino, polido… 

Isso porque o diamante tem uma dureza elevada e oferece bons resultados com materiais mais duros.

Fique de olho no mandril!

Ah, não esquece do mandril! Assim é chamada a parte da furadeira que segura a broca. Ele tem medidas diferentes, em polegadas e frações. Isso é a menor circunferência que a broca precisa ter pro mandril segurar ela.

Veja as opções:

  • Mandril de ½ polegada (13mm): aguenta brocas de 2 a 13 milímetros de diâmetro.
  • Mandril de 3/8 polegada (10mm): segura brocas de 0,8 a 10 milímetros.
  • Mandril de 5/8 polegada (16mm): dá conta de brocas de 3 a 16 milímetros.

Agora, você já sabe tudo sobre os tipos de brocas, mandril… Está pronto para se aventurar no mundo das furadeiras! E se precisar, a TUL está aqui pra te ajudar. São diversos modelos de furadeiras e brocas.

Para continuar se informando, acesse sempre nosso blog!

Você vai gostar de ler: