Categories: Empreendedorismo

Mariana Anselmo

Share

Provavelmente, você, que nos lê, compra em marketplaces e já conhece e confia no modelo de negócios. É fácil, rápido e tem facilitado muito a vida de quem usa o serviço. 

Mas você sabia que ele pode ser benéfico não só para você, como também para o seu negócio? Abastecer a sua loja em marketplaces vem sendo uma estratégia interessante para lojistas de diversos segmentos. E a TUL veio para se destacar no mercado de materiais de construção, reforma, ferramentas e utilidades. 

Fique com a gente e descubra por quê!

O que é um marketplace?

É basicamente um modelo de negócio digital que conecta vendedores e consumidores através de uma plataforma virtual unificada. É essencialmente um ambiente online onde diferentes lojistas podem vender seus produtos. O resultado é a oferta ampla de uma variedade de opções para os clientes.

Se imaginarmos uma analogia com algo cotidiano, o marketplace funciona como um enorme shopping virtual. Nele, os consumidores podem encontrar várias marcas e produtos em um único lugar.

Atualmente, existem marketplaces especializados em vários segmentos de mercado, abrangendo desde produtos novos e usados de diferentes setores até serviços e vendas no atacado.

Como funciona um marketplace?

O funcionamento de um marketplace envolve três partes principais: os proprietários ou administradores do marketplace, os lojistas e os consumidores.

Proprietários ou administradores de marketplaces

Os administradores do marketplace gerenciam a plataforma, fornecendo um espaço consolidado de vendas para a indústria, distribuidoras e lojistas comercializarem seus produtos e serviços. 

É cada vez mais comum ver o surgimento de marketplaces especializados: produtos para animais de estimação, artesanato, entrega de comida… Esse é o caso da TUL, a sua plataforma que traz os melhores fornecedores e produtos para você quando o assunto é materiais de construção, reformas e utilidades.

A vantagem para quem estabelece esse tipo de estrutura comercial é que não é necessário gerenciar um estoque. Apenas oferecer a tecnologia e a publicidade para que outros lojistas vendam por meio da plataforma.

Lojistas

Os lojistas apresentam seus produtos no marketplace. E aqui, por lojistas, entende-se os possíveis vendedores em um marketplace: a própria indústria, distribuidores, revendedores, grandes lojas e até pequenos lojistas que têm MEI. 

A vantagem de estar em um marketplace é que você tem a sua própria vitrine em um grande site, ganhando visibilidade em uma plataforma já consolidada, com clientes cativos e toda uma estrutura que boa parte dos lojistas não consegue bancar. Isso sem falar no suporte que eles te dão: tecnologia, segurança, atualizações etc.

Em contrapartida, eles pagam uma comissão sobre cada venda realizada para a plataforma. Esta porcentagem costuma girar em torno de 10% a 16%, dependendo do marketplace. 

Clientes

Os clientes podem acessar os marketplaces gratuitamente, procurando e adquirindo produtos de várias marcas, lojas e segmentos, tudo em um único site, fazendo um único pedido e um único pagamento.

>> Leia também: Como a TUL te ajuda a economizar na hora de abastecer o seu estoque

Qual é a diferença entre e-commerce e marketplace?

Especialmente para aqueles que estão começando a comprar online, podem surgir dúvidas sobre as diferenças entre um e-commerce e um marketplace. A gente te explica:

O e-commerce é um modelo de negócio que envolve a compra e venda de produtos ou serviços por meio de canais digitais. Em outras palavras, o marketplace é apenas um dos canais de venda do e-commerce, mas não é o único.

Muitas pessoas também consideram que o e-commerce é sinônimo de loja virtual, que é apenas mais um dos canais.

No caso de uma loja virtual, o site de vendas pertence a uma única marca. Isso significa que o lojista precisa cuidar de toda a infraestrutura necessária para vender online, como contratar uma plataforma de e-commerce e um método de pagamento online. Além disso, ele deve desenvolver suas próprias estratégias de divulgação para ganhar mais visibilidade.

Diferentemente do marketplace, que reúne diferentes lojas em um só ambiente. Ao vender em um marketplace, o empreendedor pode expor seus produtos na vitrine de um site que já possui relevância no mercado.

No entanto, como várias empresas do mesmo nicho compartilham o mesmo espaço virtual, pode haver uma competição acirrada de preços. Com isso, quem ganha é você, cliente, que tem melhores preços, mais promoções e vantagens.

Quais são as vantagens de comprar no marketplace?

O surgimento dos marketplaces foi um grande ganho para o público consumidor. Agora, você encontra no mesmo lugar, diversos produtos, de fornecedores diferentes, que trazem benefícios diferentes.

Por exemplo, você pode entrar na TUL e pesquisar por um produto e comparar os preços e prazos de entrega, bem como os valores de frete. Às vezes, o produto mais barato, tem um prazo de entrega maior, que não te atende. Mas o que tem um preço um pouquinho maior, te entrega em questão de horas – a gente sabe que a emergência, às vezes, acontece, né?

E claro: você faz um único pagamento. Pode comprar de diversos fornecedores diferentes, ter até prazo de entrega distintos, mas o pagamento é um só. E para aquele e-commerce que você conhece e confia.

Fora que, ao comprar em um marketplace, você conta com a segurança e a tecnologia de ponta que a plataforma oferece. Sem medo de fraudes, cartão clonado, pedido não entregue… 

E aí, pronto para abastecer o seu negócio com um marketplace e aproveitar todos os benefícios e novidades? Então, aproveite e vem pra TUL! 

Aqui, você tem mais de 80 mil itens, de diversas marcas, para montar e abastecer o seu estoque. TULDo que a sua loja de materiais de construção, utilidades e decoração precisa está aqui.