Categories: Venda mais

Mariana Anselmo

Share

Você já percebeu como o programa de afiliados ganhou destaque durante e depois da pandemia? Talvez você tenha se deparado com posts patrocinados no TikTok ou Instagram discutindo esse modelo de negócio. 

A ideia é simples: afiliados promovem produtos ou serviços online e ganham uma comissão por cada venda realizada.

Embora o programa de afiliados não seja uma novidade, a sua popularidade disparou com a ascensão da tecnologia. Lembra-se dos revendedores que batiam de porta em porta? Agora, imagine esse conceito adaptado para os canais digitais. É exatamente isso que um afiliado faz, atuando como divulgador de produtos.

Por outro lado, temos os marketplaces, uma espécie de shopping virtual onde empreendedores podem expor e vender seus produtos diretamente. Um exemplo é o marketplace da TUL, que permite que parceiros vendam através da sua plataforma sem a necessidade de um investimento inicial considerável.

Mas qual é a diferença crucial entre programa de afiliados e marketplaces? Vamos explorar!

Programa de afiliados: entenda o conceito

O programa de afiliados conecta lojas a pessoas dispostas a promover seus produtos. Funciona assim: o afiliado divulga um produto, influencia a compra, e, quando a venda é concretizada, recebe uma comissão. 

Uma loja renomada, por exemplo, pode oferecer comissões pela divulgação de seus produtos, reconhecendo o papel fundamental dos afiliados no sucesso das vendas.

O afiliado recebe um link exclusivo para a compra do produto. Cada venda realizada por meio desse link é rastreada, e o afiliado é notificado sobre sua comissão. 

A chave para o sucesso como afiliado está em entender e conquistar sua própria audiência, além de garantir a qualidade e confiança dos produtos que está promovendo.

Marketplace: o shopping virtual

Ele funciona como um canal que conecta lojistas e clientes, proporcionando uma experiência de compra em um único lugar, como é o caso do marketplace da TUL.

Aqui não há a necessidade de investimento inicial. Basta ter um estoque e anunciar na plataforma. Cada venda realizada gera uma comissão para o marketplace, que oferece uma estrutura completa, incluindo entrega, atendimento, pagamento e publicidade.

Diferenças cruciais entre programa de afiliados e marketplace

Enquanto o marketplace reúne todos os produtos em um só lugar, o programa de afiliados foca no profissional autônomo que promove produtos de várias maneiras, seja nas redes sociais ou em anúncios pagos.

No marketplace, não é necessário investimento inicial. Você paga uma comissão por venda. Já no programa de afiliados, a comissão é paga ao afiliado após a venda realizada por meio de seu link exclusivo.

Qual escolher?

Agora, a pergunta crucial: qual escolher? A resposta depende de diversos fatores, como experiência, planejamento, estratégia e tempo disponível.

O marketplace oferece visibilidade, estrutura e confiança, sendo ideal para varejistas. O afiliado, por sua vez, não precisa de estoque próprio e se concentra na promoção dos produtos.

Para decidir, pergunte a si mesmo: onde você se imagina prosperando? Prefere a exposição digital ou algo mais discreto? Atende aos requisitos de um modelo específico? Prefere ser um autônomo ou construir seu próprio negócio? Seja honesto ao responder e descubra se o marketplace ou o programa de afiliados é o caminho certo para você.